Sessão Pipoca – Outubro de 2020

Vale sessão pipoca especial Halloween aqui no blog, afinal não foram só leituras sinistras que tivemos por aqui.

Ao contrário do mês passado que eu quase não assisti nada, este mês eu me empenhei para curtir o mês do horror!! 

Informo que, os dois primeiros filmes desta lista não são sobre fantasmas, rituais ou casas assombradas, mas dependendo da perspectiva que você observa, pode se ver o horror do homem sobre o homem ou de como a vida algumas vezes nos leva para caminhos sombrios e sem esperança.

Das Boot

Sinopse: O filme se passa em 1942 e  conta a história da frota de submarinos alemã que está fortemente engajada na chamada “Batalha do Atlântico” para perseguir e destruir a navegação britânica. Com melhores escoltas da classe dos contratorpedeiros, entretanto, os submarinos alemães começaram a sofrer pesadas perdas. “Das Boot” é a história da tripulação de um desses U-boat, com o filme examinando como esses submarinistas mantiveram seu profissionalismo como soldados e tentaram cumprir missões impossíveis, ao mesmo tempo em que tentavam entender e obedecer à ideologia do governo sob que eles serviram.

Este filme está disponível pelo serviço de streaming da Netflix e o que eu posso dizer é que filme incrível! Ele é longo, triste em vários momentos, com esperança em vários momentos também, mas narrado de uma forma tão fiel, tão real e cruel também que indico fortemente a sessão pipoca.

Nota: 5/5

Midsommar – O mal não espera a noite

Sinopse: Após vivenciar uma tragédia pessoal, Dani vai com o namorado Christian e um grupo de amigos até a Suécia para participar de um festival local de verão. Mas, ao invés das férias tranquilas com a qual todos sonhavam, o grupo vai se deparar com rituais bizarros de uma adoração pagã.

Este filme, disponível no Amazon Prime, foi o mais bizarro e incômodo que eu assisti até hoje, na qual a mensagem que ficou para mim no final foi nunca vá a um festival local na Suécia, pois é cilada Bino.  Não gostei do filme, sinceramente.

Nota: 0/5

Quem quer ser um milionário

Sinopse: Jamal K. Malik é um jovem que trabalha servindo chá em uma empresa de telemarketing. Sua infância foi difícil, tendo que fugir da miséria e violência para conseguir chegar ao emprego atual. Um dia ele se inscreve no popular programa de TV “Quem Quer Ser um Milionário?”. Inicialmente desacreditado, ele encontra em fatos de sua vida as respostas das perguntas feitas.

Outro filme incrível, disponível na Netflix, com um roteiro original, atuações maravilhosos que conforme a história vai sendo narrada vai te enchendo de esperança juntamente com o protagonista pela conquista do prêmio. A forma como ele sabe as respostas é cruel e triste, mas algumas vezes, a vida nos leva a caminhos que não são sempre bonitos, mas isso faz das pessoas os que elas são.

Nota: 5/5

A noiva cadáver

Sinopse: A Noiva-Cadáver se passa em um vilarejo europeu do século XIX, onde vive Victor Van Dorst , um jovem que está prestes a se casar com Victoria Everglot. Porém, acidentalmente, Victor se casa com a Noiva-Cadáver, que o leva para conhecer a Terra dos Mortos. Desejando desfazer o ocorrido para poder enfim se casar com Victoria, aos poucos Victor percebe que a Terra dos Mortos é bem mais animada do que o meio vitoriano em que nasceu e cresceu.

Lógico que para o mês do Halloween não podia faltar filme do Tim Burton né?!? Este é o filme mais fofo da lista do mês de Outubro e, apesar de sombrio, ele consegue te deixar com o coração quentinho. Recomendo muito a sessão pipoca!!

Nota: 4/5

A lenda do cavaleiro sem cabeça

Sinopse: Em 1799, uma série de crimes envolvendo inocentes acontece no pequeno vilarejo de Sleepy Hollow. Para investigar o caso é chamado o detetive nova-iorquino Ichabod Crane (Johnny Depp), um excêntrico e determinado oficial de polícia com um jeito avant-garde de solucionar crimes. Os métodos investigativos de Ichabod serão postos à prova neste caso, que envolve um ser sobrenatural que pode ser o causador de todos os crimes.

Eu já tinha assistido a este filme (disponível na Netflix e na Amazon Prime), pouco depois de seu lançamento e, eu lembro que eu tive muito medo na época (eu era mais medrosa do que eu sou hoje). Logo, ao assistir novamente por conta da minha leitura do conto que inspirou o filme, com direito a post no blog este mês, eu vi que era só uma história fantástica, dirigida por ninguém menos que Tim Burton, com uma narrativa bem diferente que a do conto que a inspirou (muito melhor a narrativa do filme, aliás) e que não me deu medo nenhum (ainda bem)!!

Nota: 3/5

Sweeney Todd

Sinopse: Benjamin Barker passou 15 anos afastado de Londres, após ser obrigado a deixar sua esposa e sua filha. Ele retorna à cidade ávido por vingança, agora usando a alcunha de Sweeney Todd. Logo ele decide ir à sua antiga barbearia, agora transformada em uma loja de fachada para vender as tortas feitas pela Sra. Lovett . Com o apoio dela Todd volta a trabalhar como barbeiro, numa sala acima da loja. Porém o grande objetivo de Todd é se vingar do juiz Turpin, que o enviou para a Austrália sob falsas acusações para que pudesse roubar sua mulher Lucy  e sua filha.

Outro filme dirigido por Tim Burton ( disponível no Globo Play), na qual eu assisti novamente por conta da leitura do livro que inspirou o filme e também com direito a post no blog este mês. A história do filme é diferente da narrada no livro, mas eu gostei de ambas, logo, a indicação vale tanto para o filme como para o livro. 

Nota: 4/5

Rebecca – A mulher inesquecível

Sinopse: Uma jovem de origem humilde se casa com um rico nobre e se muda para sua intimidadora mansão na costa da Inglaterra. Chegando lá, ela passa a viver às sombras da falecida Rebecca, a misteriosa esposa anterior de seu marido, descobrindo, aos poucos, misteriosos segredos sobre seu passado.

Achei o filme Ok como fonte de entretenimento, mas ao mesmo tempo, achei a história muito fraca e nada demais.

Nota: 2/5

SÉRIES

A maldição da mansão Bly

Sinopse: Em A Maldição da Mansão Bly, a jovem Dani Clayton (Victoria Pedretti) é contratada por Henry Wingrave (Henry Thomas) para trabalhar numa enorme e antiga mansão, cuidando de seus dois sobrinhos órfãos. Mas tudo se complica quando os irmãos Flora (Amelie Bea Smith) e Miles (Benjamin Evan Ainsworth) começam a apresentar um comportamento estranho. A história se passa na Inglaterra de 1987 e é inspirada no conto “A Volta do Parafuso” de Henry James.

Série produzida (muito bem produzida, aliás) pela Netflix  que contará os segredos por trás da Mansão Bly e de seus antigos e atuais proprietários, bem como de seus funcionários. É uma série que me deu alguns sustos, mas a história e interpretação foi tão boa, mas tão boa que até quem é medroso fica curioso em assistir a esta série.

Nota: 4/5

A maldição da residência Hill

Sinopse: Shirley (Elizabeth Reaser/Lulu Wilson), Theo (Kate Siegel/Mckenna Grace), Nell (Victoria Pedretti/Violet McGraw), Luke (Oliver Jackson-Cohen/Julian Hilliard) e Steven (Michiel Huisman/Paxton Singleton) são cinco irmãos que cresceram na mansão Hill, a casa mal-assombrada mais famosa dos Estados Unidos. Agora adultos, eles retornam ao antigo lar e são forçados a confrontar os fantasmas do passado, após o suicídio da irmã mais nova.

Lógico, que após assistir a segunda temporada da série antológica A Maldição, produzida pela Netflix, eu fiquei com vontade e muito curiosa para assistir e ler o livro que a inspirou, sendo este A maldição da casa na colina de Shirley Jackson.

O enredo dessa temporada foi muito bem trabalhado, explorado e interpretado, me deu mais sustos que a segunda temporada e eu achei a história muito mais densa que A maldição da mansão Bly. Todavia, por serem histórias diferentes em cada temporada, eu indico muito a sessão pipoca de ambas!!

Nota: 5/5

Peaky Blinders

Sinopse: Em Peaky Blinders, Thomas Shelby (Cillian Murphy) e seus irmãos retornam a Birmingham depois de servir no exército britânico durante a Primeira Guerra Mundial. Shelby e os Peaky Blinders, a gangue na qual ele é líder, controlam a cidade de Birmingham. Mas, como as ambições de Shelby se estendem para além de Birmingham, ele planeja construir o império de negócios que criou e impedir qualquer um que atrapalhar.

Voltei a assistir a série (tinha parado no segundo episódio da terceira temporada) e acho que agora a história está mostrando Thomas Shelby não mais como um bandido bonzinho, mas como o bandido ambicioso que coleciona inimigos até dentro da sua família.

Sobre a produção da série, ela é impecável e conta com excelentes atuações, principalmente do Cillian Murphy como protagonista.

Nota: 5/5

E vocês? Fizeram por aí também sessão pipoca temática??? Conta aqui nos comentários!!

Um beijo e até o próximo post!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: