Resenha de Minha vida fora dos trilhos

Autora: Claire Vanderpool

Título original: Moon over Manifest

Ano de publicação no Brasil: 2017

Editora: Darkside Books

Link da sinopse do livro: https://www.darksidebooks.com.br/minha-vida-fora-dos-trilhos/p

Este livro faz parte do selo Darklove, que publica livros escritos por mulheres com muita história para contar e com a incrível capacidade de aquecer os nossos corações!

Ao escolher uma nova leitura, eu sempre levo em consideração a sua sinopse e a capa. No caso da Editora Darkside, ela preenche estes dois requisitos com o seu trabalho de edição impecável e uma sinopse capaz de mostrar um livro repleto de reflexões e ensinamentos:

Capa do livro e cartão postal


Contracapa
Mais detalhes da edição

Em Minha vida fora dos trilhos, o título da sinopse Às vezes precisamos descer do trem para seguir adiante, convida o leitor a se fazer os seguintes questionamentos: O sentido de seguir adiante é abandonar o velho em busca de algo novo ou algo a mais? É o arriscar ou se permitir olhar a vida por uma nova perspectiva?

É com base nestas perguntas que se  baseia a história do livro, tendo como tema principal a imigração que é desenvolvida através das suas personagens (eu sei que parece muita personagem, mas no decorrer da leitura você percebe que cada uma delas tem seu papel fundamental na narrativa):

Abilene Tucker: uma menina de 12 anos que é enviada pelo pai Gideon para a cidade de Manifest (Kansas) no verão de 1936, enquanto ele ficará trabalhando na construção de uma estrada de ferro em outra cidade.

Shaddy: Dono de um bar e pastor de uma Igreja estabelecida no mesmo local. É quem acolhe Abilene em sua chegada a Manifest, tendo em vista o vínculo que possui com o pai da menina, Gideon. É uma das personagens que aparece tanto no ano de 1917 e 1918 quanto no ano de 1936.

Ruthane e Lettie: primas, amigas de Abilene e cúmplices na aventura para descobrir quem é a pessoa que adota o codinome “Cascavel”.

Sta. Sadie: Uma vidente húngara e proprietária do Caminho da Perdição (casa de vidência). É através dela que a história é contada à Abilene no ano de 1917 e 1918.

Hattie Mae: Repórter  e responsável pela coluna “Suplementos de Notícias da Hattie Mae”, no jornal Manifest Herald desde de 1917.

Irmã Redempta: responsável por lecionar as crianças de Manifest e ajudar os demais moradores da cidade. 

Jinx e Ned: Protagonistas da história no período de 1917/1918. Amigos que se separam quando Ned se alista para as Forças Armadas e parte para a 1ª Guerra Mundial.

Devido aos dois períodos temporais (1917/1918 e 1936) que o livro possui, ele aborda com riqueza alguns temas históricos como:

 – A existência do Ku Klux Klan na cidade de Manifest e do repúdio do grupo por negros e imigrantes (Leitura complementar sobre o tema: https://www.historiadomundo.com.br/curiosidades/ku-klux-klan.htm);

– A vida dos soldados durante a 1ª Guerra Mundial, através de cartas escritas pelo Ned e endereçadas a Jinx:

Carta de Ned para Jinx

 – A Lei Seca nos EUA, através do bar do Saddy (Leitura complementar sobre o tema: https://mundoeducacao.bol.uol.com.br/historia-america/lei-seca-dos-eua.htm);

 – O regime análogo à escravidão que os imigrantes se sujeitam em minas de carvão.

Apesar dos temas delicados em vários pontos que o livro traz em seu bojo, a autora conseguiu narrar esta história de uma forma sensível e através dos olhos de uma menina aventureira e corajosa.

Ademais, não tive como não lembrar dos meus avós ao ler este livro, pois eles também eram imigrantes, que abandonaram tudo em Portugal para tentar uma nova vida e um futuro melhor aqui no Brasil. 

Recordo das suas histórias de luta e de coragem para construírem sua casa, educarem seus filhos e a saudade da família no outro lado do oceano.

Alguns pontos importantes para serem ressaltados com relação à edição:

-Os capítulos do livros são intercalados em fatos que ocorreram em 1917/1918 e no presente de  1936.

-O capítulo que retrata os anos de 1917/1918 possui uma fonte diferente de letra, a fim de ajudar o leitor a se situar em que ano se passa a história:

Fonte de um dos capítulos de 1917/1918
Fonte dos capítulos de 1936

Este livro apresenta uma nota da autora muito interessante e enriquecedora, pois ela aborda a sua inspiração para a criação das personagens e da cidade fictícia de Manifest.

Por fim, eu recomendo a leitura deste livro pura e simplesmente por causa da história que é muito emocionante, real e atual, mesmo que seja narrada no início do século passado:

Porém, o que a mulher húngara disse os fez reconhecer de repente algo especial uns nos outros. Eles tinham o mesmo sangue. Sangue de imigrante.

Caso você tenha gostado deste livro e queira ajudar o blog a crescer, compre por este link aqui: https://amzn.to/3c8D8sc

Um grande beijo e até o próximo post!!

Especial de Halloween – Resenha de Coraline

Para comemorar a data do dia 31 de outubro, nada melhor do que uma leitura que combine com a festividade! 

O termo Halloween vem do inglês All Hallow’s Eve (véspera de todos os santos, em tradução livre), tendo como fonte de inspiração tradições celtas, nas quais diziam-se que a chegada do inverno (hemisfério norte) aproximava o mundo do “outro mundo”, onde vivem os mortos.  

Em razão dessa proximidade entre os dois mundos, eu escolhi o livro Coraline, de Neil Gaiman para nossa leitura especial!!

Capa do livro

Esta edição possui as ilustrações de Dave McKean que ajudaram muito a visualizar “o mundo” em que Coraline se encontrava: 

Ilustrações de Dave Mckean

A história fala sobre uma menina chamada Coraline que mora em Londres com os seus pais ocupados e vizinhos muito pitorescos. Ela é uma menina cheia de vida e vive em buscas de aventuras, já que ainda está de férias da escola. 

Durante suas explorações, Coraline consegue abrir uma porta, dentro da sua casa, que dá acesso a um mundo invertido (bem estilo Stranger Things mesmo).

Neste novo ambiente, ela encontra a sua outra mãe (bem maldosa, por sinal), o outro pai, bem como um gato e ratos que falam e cachorros que comem chocolate e amam peças teatrais (bem creep mesmo) e ela terá que enfrentar bastante coisa para conseguir voltar ao seus pais de verdade e ao seu próprio mundo. 

Vou parar por aqui para não dar nenhum spoiler e deixar para você ter a sua própria experiência com a leitura deste livro.

Com relação a minha experiência de leitura, apesar das coisas doidas que acontecem neste mundo, ela me deixou feliz, pois a mensagem que ficou foi de uma menininha que aprendeu com esta grande aventura a ser corajosa, sábia e astuta:

— Você realmente não entende, não é? — disse. — Eu não quero tudo o que eu quiser. Ninguém quer. Não realmente. Que graça teria ter tudo o que se deseja? Em um piscar de olhos e sem o menor sentido.

Não é um livro que dê sustos ou que você não consiga dormir à noite, já que esta que vos escreve é uma pessoa muito medrosa…kkkkk, mas recomendaria a leitura para crianças a partir de 12 anos devido a aventura narrada e a mensagem que é transmitida, qual seja:

Ser corajoso não é não sentir medo, mas sim agir e fazer a coisa certa mesmo com medo.

Caso você tenha interesse em adquirir este livro e ajudar o blog a crescer, compre por este link aqui: https://amzn.to/35wDbex

Desejo um ótimo Halloween a todos e até o próximo post!

Resenha de Leve-me com você

Capa do livro

Autora: Catherine Ryan Hyde

Título original: Take me with you

Ano da publicação no Brasil: 2018

Editora: Darkside Books

Link da sinopse do livro: https://www.darksidebooks.com.br/leve-me-com-voce/p

Bom, nós não devemos julgar o livro somente pela capa, mas foi o que eu não fiz…Julguei pela capa sim, e meus amigos, que trabalho lindo!!! 

O cuidado da Editora Darkside foi desde as páginas amarelas e diagramação excelente que facilitam a leitura até a folha de guarda que é um mapa lindo e cheio de significado com a narrativa:

Folha de guarda

Outro encanto que eu tive com este livro teve início com o título da sinopse feita pela Darkside: Algumas viagens nos transformam, outras nos despertam. Este título descreve de forma verdadeira a história, pois é exatamente isso que acontece durante a jornada das nossas personagens:

August – É um homem desacreditado, alcoólatra em recuperação e que tenta lidar com o luto pela perda do seu único filho, Philip. Ele tem como meta realizar a viagem até Yellowstone carregando as cinzas de seu filho.

Seth – Um garoto tagarela de 12 anos, mas com uma maturidade surpreendente, devido a tudo que já vivenciou até então.

Henry – Um menino de 7 anos que não fala com outras pessoas além do seu irmão, mas com muito a aprender e ensinar.

Wes –  Pai dos meninos e o mecânico responsável em consertar o motor home de August, ocasião em que faz uma proposta inusitada, na qual muda a vida dos protagonistas para sempre.

Woody –  o cachorrinho mais fofo do mundo, que com seus truques e sua disposição cativa de imediato os meninos e o leitor.

É uma história contemporânea e ao mesmo tempo atemporal, pois ela aborda temas como a amizade, independente da idade, a família, seja de sangue ou não, o amadurecimento, perdas, como o luto e medos de uma forma tão sensível que leva o leitor a refletir sobre o verdadeiro significado da vida e os momentos de imprevisibilidade que surgem durante a nossa própria jornada:

Todo mundo anda por aí perdendo as melhores coisas por não querer que nada de ruim aconteça mas, quando uma coisa ruim tem que acontecer, simplesmente acontece. De qualquer jeito. Por mais que você tome cuidado.

Mas já vi muita gente andando por muitas estradas. Algumas não muito felizes. E é isso que faz delas quem são.

Mas cada um de nós tem alguma coisa que causa tristeza, ele pensou. E ninguém pode nos salvar de todas elas.

A mensagem que este livro passou eu quero levar para a vida, e acredito que por mais que não seja seu estilo de história ou até mesmo você queira se arriscar a sair da sua zona de conforto, eu recomendo a embarcar nesta aventura cheia de paisagens naturais, escaladas, trilhas e muita estrada para aquecer o seu coração!!

OBS: Adorei a citação que contém na última página do livro!!

Por fim, vale ressaltar que este livro faz parte do selo Darklove que publica livros escritos por mulheres com muita história para contar!!

Caso você tenha interesse em adquirir este livro e ajudar o blog a crescer, compre por este link aqui: https://amzn.to/3dijxpB

Um grande beijo e até o próximo post!!

%d blogueiros gostam disto: